Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Outro Lado

"I knew all the rules but the rules did not know me..." Uma viagem que se inicia em 2004 e passa por várias transformações, da poesia, à prosa a uma partilha de experiências, atreve-te!

O Outro Lado

"I knew all the rules but the rules did not know me..." Uma viagem que se inicia em 2004 e passa por várias transformações, da poesia, à prosa a uma partilha de experiências, atreve-te!

E agora 2005?

28.12.04, Carla
A partir de sexta abrimos portas ao novo Ano, que será que ele nos reserva? Espero que seja melhor que 2004 e ilumine o pensamento dos portugueses e os desperte para uma nova luta pelo o que é nosso.
Quanto a tragédia que ocorreu na ásia, é daquelas coisas sabemos que pode acontecer em qualquer lugar mas teimamos em ignorar, digamos que é outra forma de terrorismo mas este bem mais fácil, construir desordeiramente e depois logo se vê!
Vamos esperar para ver o que nos traz 2005, o uma coisa é certa pontes e feriados não vão faltar!
beijocas um ano em grande para todos.

1 beijo lunática

Ho Ho Ho!

25.12.04, Carla
A todos um Feliz Natal.... Pq o natal é todos dias e porque as vezes esquecemo-nos disso, vamos tdodos dar um sorriso por todos os que não puderam sorrir ontem á meia-noite, quem mais puder dar do que um sorriso ainda melhor.

bj
lunática

Quem somos nós afinal?

15.12.04, Carla
Um dia lá nos põem num mundo, ajudam-nos a crescer e criam-nos a bases para a vida, apesar disso alguns não assimiliam ou tiveram o azar de nascer numa familia de doidos.
Quando temos capacidade para tomarmos conta de nós fazemos tudo para que a vida nos sorria e nos faça sentir bem, mas voltamos a esquecer o mais importante a convivência uma gargalhada.
Quando achamos que tudo ta bem, acordamos um dia de manhã e friamente comunicam-nos que a pessoa de quem mais gostamos ta doente, e o dia de amanhã é uma incerteza.
A vida afinal é o quê? Limita-se ao termos de viver tudo a fugir porque o que é certo hoje amanhã pode não ser?.... são dúvidas sem resposta apenas com consolo, mas bolas acabamos como as estrelas cadentes quando desaperecem é de vez sem memória, correndo o risco de nem recordação sermos?
Apenas deixo a questão, qual a melhor forma de viver?

1 bj

lunática

My happy ending

13.12.04, Carla
oh oh, oh oh, So much for my happy ending,
oh oh, oh oh, So much for my happy ending,
Oh oh, oh oh, oh oh

Let's talk this over
It's not like we're dead
Was it something I did?
Was it something You said?
Don't leave me hanging
In a city so dead
Held up so high
On such a breakable thread

You were all the things I thought I knew
And I thought we could be

CHORUS:
You were everything, everything that I wanted
We were meant to be, supposed to be, but we lost it
All of the memories, so close to me, just fade away
All this time you were pretending
So much for my happy ending
oh oh, oh oh, so much for my happy ending
Oh oh, oh oh

You've got your dumb friends
I know what they say
(they say)
They tell you I'm difficult
But so are they
(so are they)
But they don't know me
Do they even know you?
(even know you)
All the things you hide from me
All the shit that you do
(all the shit that you do)
You were all the things I thought I knew
And I thought we could be

[CHORUS]

It's nice to know that you were there
Thanks for acting like you cared
And making me feel like I was the only one
It's nice to know we had it all
Thanks for watching as I fall
And letting me know we were done

He was everything, everything that I wanted
We were meant to be, supposed to be, but we lost it
All of the memories, so close to me, just fade away
All this time you were pretending
So much for my happy ending


You were everything, everything that I wanted
We were meant to be, supposed to be, but we lost it
All of the memories, so close to me, just fade away
All this time you were pretending
So much for my happy ending
oh oh, oh oh, so much for my happy ending
Oh oh, oh oh, so much for my happy ending

oh oh, oh oh, oh oh, oh oh
oh oh,...


Avril Lavigne

Inconfidências..

04.12.04, Carla
Desculpa,

Observei-te enquanto dormias
um sossego na expressão
com o frio tremias
tinha a mão sob o teu coração!

aconcheguei-me junto de ti
e deixei-me pensar
como me sentia bem ali
as dúvidas tinham de acabar....

ao fim de tanto tempo
olhei-te e dei-te um beijo
aquele momento,
só fez aumentar o desejo!

Depois de tudo, olhos fechei
deixei-me adormecer
sinto-me bem com o que dei,
e com o que estou a receber.

bj
lunática