Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Outro Lado

"I knew all the rules but the rules did not know me..." Uma viagem que se inicia em 2004 e passa por várias transformações, da poesia, à prosa a uma partilha de experiências, atreve-te!

O Outro Lado

"I knew all the rules but the rules did not know me..." Uma viagem que se inicia em 2004 e passa por várias transformações, da poesia, à prosa a uma partilha de experiências, atreve-te!

Somos um restolho......

27.03.05, Carla

A nossa vida por vezes é mesmo restolho, já imaginaram quantas vezes tivemos de sentir na pele uma morte? seja a nossa interior ou de alguém próximo? Mas conseguimos sempre voltar a crescer e viver, independentemente do que acreditamos estamos a espera que nos encham o coração com um sorriso, uma boa noticia. Há que pensar e agradecer, seja lá em que acreditem nem que seja em vós próprios o facto de acordarmos e termos uma vida.


Fiquem bem, Boa páscoa, Bom Domingo, Bom Karma, Santa Páscoa!


Lunática

Restolho

27.03.05, Carla

« Geme o restolho, triste e solitário a embalar a noite escura e fria   e a perder-se no olhar da ventania  que canta ao tom do velho campanário


 Geme o restolho, preso de saudade esquecido, enlouquecido, dominado escondido entre as sombras do montado sem forças e sem cor e sem vontade


 Geme o restolho, a transpirar de chuva nos campos que a ceifeira mutilou dormindo em velhos sonhos que sonhou na alma a mágoa enorme, intensa, aguda  


 Mas é preciso morrer e nascer de novo  semear no pó e voltar a colher  há que ser trigo, depois ser restolho  há que penar para aprender a viver e a vida não é existir sem mais nada  a vida não é dia sim, dia não é feita em cada entrega alucinada  pra receber daquilo que aumenta o coração


Geme o restolho, a transpirar de chuva nos campos que a ceifeira mutilou dormindo em velhos sonhos que sonhou na alma a mágoa enorme, intensa, aguda


 Mas é preciso morrer e nascer de novo semear no pó e voltar a colher há que ser trigo, depois ser restolho há que penar para aprender a viver e a vida não é existir sem mais nada a vida não é dia sim, dia não é feita em cada entrega alucinada prá receber daquilo que aumenta o coração»


 


Mafalda Veiga

Ao acordar...

24.03.05, Carla

Ao não te ver estremeci


o sentimento de não estares aqui,


a sensação de te perder!


Caminhei até ao mar


para acalmar esta sensação


sentei e chorei,


na areia molhada escrevi o teu nome


e tive a certeza estou apaixonada!


Regressei....


lá estavas tu com ar cansado,


 registei aquele momento


entreguei-me sem olhar o tempo....


Apenas consigo dizer:


Amo-te....








Lunática

Dia Mundial da ÁGUA!

22.03.05, Carla

height=360 alt="Imagem 012blog.JPG" src="http://lunatica.blogs.sapo.pt/arquivo/Imagem 012blog.JPG" width=480 border=0>

 

face=arial color=#330066>Mais do que nunca este dia faz sentido, ainda a temos por enquanto, vamos lá deixar de desperdiçar água! Não custa fechar a torneira enquanto se lava os dentes, não custa reduzir a água que sai do nosso autoclismo, tantas formas de poupar de água. Podemos dizer 1 pessoa não faz a diferença, mas se nos multiplicarmos em gestos simples fazemos toda a diferença. Pensem sériamente nisto!

Pág. 1/2