Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Outro Lado

"I knew all the rules but the rules did not know me..." Uma viagem que se inicia em 2004 e passa por várias transformações, da poesia, à prosa a uma partilha de experiências, atreve-te!

O Outro Lado

"I knew all the rules but the rules did not know me..." Uma viagem que se inicia em 2004 e passa por várias transformações, da poesia, à prosa a uma partilha de experiências, atreve-te!

Acreditar...

25.10.05, Carla

Fortaleceste o meu coração
uma nova alma desperta mim
nem sei se é carinho, amor ou paixão
sei que me sinto muito bem assim...



Devolveste-me o sorrir
alegria de estar
A capacidade de sentir
a vontade de acreditar...



Aperta a Saudade
A vontade de estar contigo
a sensação de liberdade
quando estás comigo...



Talvez loucura,
talvez paixão,
ternura,
Entrelaçar de mãos...



1 beijo...



Lunática

O Recomeço

23.10.05, Carla

Com esta música duas vidas mudaram, virou-se a página do livro que é a nossa vida, começam novas palavras e sentimentos a serem escritos...


Lunática


«My life is brilliant
My love is pure
I saw an angel
Of that I'm sure
She smiled at me on the subway
She was with another man
But I won't lose no sleep on that,
'Cause I've got a plan

You're beautiful
You're beautiful
You're beautiful, it's true
I saw your face in a crowded place,
And I don't know what to do,
'Cause I'll never be with you

Yeah, she caught my eye,
As we walked on by
She could see from my face that I was,
Fucking high,
And I don't think that I'll see her again,
But we shared a moment that will last till the end

You're beautiful
You're beautiful
You're beautiful, it's true
I saw you face in a crowded place,
And I don't know what to do,
'Cause I'll never be with you

You're beautiful
You're beautiful.
You're beautiful, it's true
There must be an angel with a smile on her face,
When she thought up that I should be with you
But it's time to face the truth,
I will never be with you ....»


 


James Blunt

O que passou...

10.10.05, Carla

Afinal quem és tu?
Pensava que te conhecia
Mas enganei-me
quase que me perdia
deixei-me...
levar pelo encanto
pela tua maneira de ser
gostei de ti tanto
que acabei por sofrer.


Foram dias sem fim
dias lutando contra o teu mundo
terminei assim
num buraco sem fundo.
Pedes-me para não te deixar sozinho
estar sempre contigo
e eu como fico?


Deixaste-te influenciar
confudes-me no teu coração
não sabes me queres , se me amas
Não vale a pena chorar
quando por mim chamas!
Talvez esteja acabar
O fim teria de ser um dia
acabei de te abraçar
perdeu a magia!


Lunática

Adeus...

02.10.05, Carla

Esquecer-te não é fácil
Amar-te
deixa-me frágil
Fechos os olhos....
recordo aquele momento
em que te vi partir..


Tenho de resistir á saudade
acabar as noites sem dormir
encontrar a minha liberdade
voltar a sorrir...


Adeus, resta-me dizer
fecho tudo no meu coração
sem ti vou viver,
Vou acabar com esta paixão...


Lunática