Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Outro Lado

"I knew all the rules but the rules did not know me..." Uma viagem que se inicia em 2004 e passa por várias transformações, da poesia, à prosa a uma partilha de experiências, atreve-te!

O Outro Lado

"I knew all the rules but the rules did not know me..." Uma viagem que se inicia em 2004 e passa por várias transformações, da poesia, à prosa a uma partilha de experiências, atreve-te!

Quando me Amei de Verdade

29.10.06, Carla

Foto by Carla Nunes



«Quando me amei de verdade pude compreender
que em qualquer circunstância, eu estava no
lugar certo, na hora certa. Então pude relaxar.

Quando me amei de verdade pude perceber que
o sofrimento emocional é sinal de que estou a ir
contra a minha verdade .

Quando me amei de verdade parei de desejar
que a minha vida fosse diferente e comecei a ver
que tudo o que acontece
contribui para o meu crescimento .

Quando me amei de verdade comecei a
perceber como é ofensivo tentar forçar alguma
coisa ou alguém que ainda não está preparado
- inclusive eu mesmo.

Quando me amei de verdade comecei a livrar-me
de tudo o que não fosse saudável.
Isso quer dizer: pessoas, tarefas, crenças e -
qualquer coisa que me pusesse para baixo.
A Minha razão chamou isso de egoísmo. Mas hoje
eu sei que é amor-próprio.

Quando me amei de verdade deixei de temer o
meu tempo livre e desisti de fazer planos.
Hoje faço o que acho certo e no meu próprio
ritmo. Como isso é bom! ...

Quando me amei de verdade desisti de querer ter
sempre razão, e com isso errei muito menos vezes .

Quando me amei de verdade desisti de ficar
revivendo o passado e de me preocupar com o
futuro. Isso  mantêm-me no presente, que é
onde a vida acontece .

Quando me amei de verdade percebi que a
minha mente pode  atormentar-me e
decepcionar-me. Mas quando eu a coloco a serviço
do meu coração, ela torna-se uma grande e
valiosa aliada. »

Kim e Alison McMillen

A pedido de muitos aqui têm um texto com o qual me identifico, 'Quando me amei de verdade'.
Um Beijo Carla Ferreira

O Fim de Tarde

28.10.06, Carla

http://pt.treklens.com/gallery/Europe/Portugal/photo201285.htm -Aida Ramos


O fim de tarde,
trouxe o teu beijo
com ele uma leve brisa,
o teu perfume, o meu desejo!

O nosso amor,
arde de paixão
queria tocar-te..
treme o meu coração
queria beijar-te!

Fecho os olhos,
como queria abraçar-te
o teu corpo tocar
admirar-te...
não consigo parar de olhar!

Queria segredar-te...
o quanto te quero...
o quanto te desejo...
tocar-te...
a paixão num só beijo!

Carla Ferreira
Para ti! Amo-te muito!

Pensei em ti

23.10.06, Carla


http://www.treklens.com/gallery/Europe/Portugal/photo193906.htm - Idalio Vestias



Ao fechar os olhos
lembro-me do teu beijar,
consigo definir cada traço
do teu rosto...
imagino o teu sorriso de encantar
Ao perder-me no pensamento..
lembro-me do primeiro beijo..
aquele momento..
o nosso desejo!


Carla Ferreira,

Para ti meu amor.
Amo-te Muito!

Eu

23.10.06, Carla

 By Carla Nunes

 



A partir de hoje o Blog muda de nome, mais um momento de viragem neste livro aberto, não pensem que  deixei de acreditar antes pelo contrário, acredito cada vez mais que nós podemos fazer coisas bonitas, podemos ser felizes à nossa maneira.
Muda de nome porque passa a existir um livro, todos os sentimentos, momentos, lágrimas gargalhadas caiem como as folhas do Outono em páginas soltas.
Em breve o meu sonho será uma realidade, aqui só muda o nome e a forma como assino os poemas, sou a Carla Ferreira e é a mim que têm de conhecer , já não tenho medo.

Beijos
Carla Ferreira

 

 

Tanto para dizer

20.10.06, Carla


http://pt.treklens.com/gallery/Europe/Portugal/photo190681.htm - Ana pereira

 
Conheci-te junto ao mar,
apaixonei-me perto do rio
só de lembrar
sinto aquele arrepio...
 
A noite era fria
mas tu aqueceste o meu coração
a luz da lua descia
deu-se o calor da paixão!
 
Ai aquele beijo...
inesquecivel momento...
a cada minuto te desejo...
estamos unidos no tempo!
 

Hoje queria dizer-te tanta coisa, queria colocar estes 9 meses num pequeno texto mas são tantas as palavras que elas amontoam-se num mar de sentimentos, sou feliz a teu lado amo-te muito!
 
A tua Lua Doida ;-)

Tu e Eu

14.10.06, Carla

http://www.treklens.com/gallery/Europe/Portugal/photo192484.htm


Despidos...
na noite amámos...
na paixão perdidos...
pelo amor nos encantámos


O teu corpo despi
provocando o arrepio..
o teu calor senti...
o teu amor..aqueceu o frio..


Não consigo parar...
esta loucura...
não consigo deixar de  olhar..
o teus olhos de ternura..


Quero-te segredar,
todo o meu sofrego..
um leve gemido...
quero-te cantar...
este poema sentido.....


Anoitece...
e eu adormeço...
nos teus braços...
e por momentos esqueço...
o meu dia...
e imagino os teus traços..
encontro-te na lua..

Amo-te Muito ;-) a tua Lua
 

Origem

14.10.06, Carla


http://www.treklens.com/gallery/Europe/Portugal/photo195499.htmKristian Stoyanov

«Portanto, planta o teu jardim e decora a tua alma, ao invés de esperares que alguém te traga flores. E aprendes que realmente podes suportar mais... que és realmente forte, e que podes ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que tu tens valor diante da vida! As nossas dádivas são traidoras e fazem-nos perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar.»



Tal como me pediram o texto de entrada do meu blog foi escrito por William Shakespeare faz parte do texto «A Lei da Vida» e podem encontrá-lo no meu blog em Abril de 2005.


Obrigada a todos o que por aqui passam e deixam o comentário na lua. ;-)
Lunática

Parabéns Avó

12.10.06, Carla


Quero apreciar o silêncio que chegou...
Para te poder encontrar nas gotas da chuva que caiem, no sol que insiste em romper e formar um lindo arco-iris, quero que a noite caia para que com ela cheguem as estrelas onde tu estás e te possa dizer parabéns.
Não estás ao pé de mim, mas eu cá estou para te dar os parabéns avó.

Da tua Neta,
Carla Alexandra