Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Outro Lado

"I knew all the rules but the rules did not know me..." Uma viagem que se inicia em 2004 e passa por várias transformações, da poesia, à prosa a uma partilha de experiências, atreve-te!

O Outro Lado

"I knew all the rules but the rules did not know me..." Uma viagem que se inicia em 2004 e passa por várias transformações, da poesia, à prosa a uma partilha de experiências, atreve-te!

Simplesmente

21.10.07, Carla

http://olhares.aeiou.pt/grades/foto1529805.html - Miguel Afonso

 

 

 

As palavras não chegam para descrever o que tem sido viver a teu lado, naquele dia a vontade de te conhecer superou qualquer pontinha de medo, qualquer desejo para que as coisas fossem diferentes e eu não estivesse presente.

 

E hoje vejo que foi a melhor opção que tive até hoje, porque encontrei-te e tu és sem dúvida a perfeição na forma como cuidas de mim, como me dás atenção e acima de tudo como me amas. Com toda a tua simplicidade e timidez conquistaste o meu coração e toda a minha alma, não tenho problema nenhum em dizer que é contigo que quero ser feliz e construir o nosso castelo, feito de momentos únicos, perfeitos, de loucuras e aventuras. Eu festejo todos os dias o facto de te ter a meu lado e ser tão feliz.

 

 

Amo-te muito,

Carla Ferreira

Talvez um dia, olhes para o lado...

17.10.07, Carla

Foto in www.solsef.org

 

 

Talvez um dia,

eu possa comer...

talvez um dia,

eu possa brincar,

talvez um dia,

eu possa dizer...

talvez possa cantar...

Hoje sou uma criança...

que não pediu para ser pobre

mas ainda tenho esperança

de um gesto nobre...

Acredito em ti,

acredito em mim,

no país, no mundo

não quero continuar assim...

quero renascer deste buraco sem fundo..

Estou cansado...

ainda não comi...

só quero estar deitado...

não te esqueças de mim...

Carla Ferreira

 

 

http://www.pobrezazero.org/

 

 

 

 

 

"Mobiliza-te, actua, pressiona!"

 

 

 

 

«Uma em cada seis pessoas no mundo vive em condições de pobreza extrema, não tem acesso a medicamentos nem à educação básica. Por outro lado, 12% da população global -o grupo dos 22 países mais ricos do mundo, em que se inclui Portugal - consome 80% dos recursos naturais disponíveis.

 

 

 

O desafio da nossa geração é acabar com a pobreza extrema e com as desigualdades. Temos meios e tecnologias suficientes para garantir que toda as pessoas deste planeta possam usufruir de níveis básicos de nutrição, saúde e educação. »

 

 

Estudos indicam que a pobreza atinge para além dos países pobres, pessoas que tem trabalho , mas que por dividas não têm o que comer a situação tem tendência para se agravar aqui deixo o meu alerta, olhem para o lado não custa nada.

Traço...

10.10.07, Carla
http://olhares.aeiou.pt/angel/foto1502707.html / Angel

Traço o teu rosto,
uma leve brisa
afasta os teus cabelos
ao longe o sol posto...
fins de tarde belos....

A tua pele queimada,
o teu rosto de cansaço,
o teu olhar por vezes atordoada,
a necessidade de um abraço

Continuo a traçar-te
e dou-te asas
quero ver-te voar
escuta todas as palavras!

Carla Ferreira

A tua alma...

10.10.07, Carla


http://olhares.aeiou.pt/so_o_amor_e_real/foto1191446.html - Sissi


Está frio,
os teus lábios próximos do meus
o copo de vinho entornado,
os segredos teus
um ambiente apaixonado...

Apagas a luz,
dedos teus percorrem-me
apodera-se o arrepio,
sinto que me desejas...
já não tenho frio....

Li a tua alma,
uma inconfidência eu sei
mas a tua ternura e calma...
contigo me libertei....

O tempo...
deixou de ser importante
porque tenho-te a ti
foi naquele instante...
que eu sorri!

Carla Ferreira,
Amo-te Muito

Por um futuro melhor...

07.10.07, Carla

By me

As pegadas e o sol a tocar o mar levam-nos a imaginar uma praia perfeita em que qualquer um de nós quer estar.
Mas...esta praia fica aqui às portas de Lisboa demasiado esquecida e abandonada, talvez porque o mar quer invadir o que lhe tiraram ou apenas por  ninguém querer saber.... Esta praia é a da Cruz Quebrada, aquela em que muitos Lisboetas no séc XIX e inicio do Séc XX frequentaram e foram felizes...
O que resta agora?
Lixo, fábricas ao abandono e pescadores em que a pele queimada do sol deixa antever que ali sempre viveram e que senão fosse uma antena da tv cabo diria que o tempo não passou por ali... Olham para nós e vê-se que por um lado têm esperança, por outro medo que os tiremos dali.
Silêncio ! O barulho das ondas e do comboio levam-nos para um mundo diferente, olho em redor e os muros, as barracas parecem querer falar....
A Geografia é isto e muito mais, é dominar o mundo, olhar as almas, controlar o território, as fronteiras, é ter a coragem de mudar e ajudar a mudar.
É sem dúvida a minha opção profissional, que me deixa sem tempo para vos escrever mais vezes, mas eu acredito que podemos mudar e ter um futuro melhor....

Beijos,
Carla Ferreira