Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Outro Lado

"I knew all the rules but the rules did not know me..." Uma viagem que se inicia em 2004 e passa por várias transformações, da poesia, à prosa a uma partilha de experiências, atreve-te!

O Outro Lado

"I knew all the rules but the rules did not know me..." Uma viagem que se inicia em 2004 e passa por várias transformações, da poesia, à prosa a uma partilha de experiências, atreve-te!

O outro Algarve!

30.07.20, Carla

IMG_20200718_172553.jpg

 

Umas férias com destino Cabo Verde, terminaram no Algarve na zona de Olhão, tínhamos juntado dinheiro para a viagem ser em 2020, mas para já o projecto fica na gaveta.

Procurámos no booking e encontrámos um apartamento simpático em Olhão sem piscina mas com zona exterior, o Sr Félix recebeu - nos muito bem no Ria Apartaments. 

Decidimos então que faríamos o jantar em casa e o resto do dia íamos de mochila e farnel conhecer todas as ilhas da ria formosa. 

Nunca vimos o Algarve assim, vazio, mas a verdade é que conseguimos visitar zonas que numa situação normal não seria possível. 

Dia 1 Ilha da Armona

Barco em Olhão 7€ ida e volta (horários específicos) uso de máscara obrigatório

Para chegar à praia uns bons 15/20 min a pé pelo meio das casas. Bons spots para comer petisco e peixe. 

IMG_20200708_131531.jpg

IMG_20200708_155747.jpg

 

Areal clarinho, uma baía para ir a banhos tranquilos, zona de mar para uns belos mergulhos, ter atenção tem algumas correntes, estado da água caldo, algum vento ao final do dia, indispensável o protector solar e água, faz muito calor! 

Dia 2 Cabanas de Tavira Poente 

Barco 3.50€ para praia e depois a pé pelo passadiço. 

Táxi ( preço varia) e pedem para vos levar a cabanas de Tavira poente. 

Uso de máscara obrigatório no barco e passadiço para a praia. 

IMG_20200710_133439.jpg

Se quiserem fugir da confusão da praia de cabanas que fica à beira do barco, vão tudo para a vossa direita e sejam bem vindos ao paraíso. Km's de praia, areal e água límpida para uns bons mergulhos, sim não se faz nada é só apreciar. 

Dia 3 Praia do Barril

Estacionamento na praia, pago e não pago, acesso à praia pelo passadiço, uso obrigatório de máscara. Existe um comboio de transporte (verificar preço). 

A mais movimentada de todas pelo acesso fácil, restaurante na praia, museu e praia com todo o apoio. Água límpida e areal muito limpo é uma boa solução ao barco, porque podemos ir a pé (evitar ao fim de semana, fica próxima da sua capacidade). 

Dia 4 Deserta

FERRY e Shuttle com partida a horas muito específicas do cais de Faro. 10€ por pessoa, uso obrigatório de máscara no barco. 

Uma experiência única, a única ilha deserta, tem apenas um restaurante que funciona o ano todo por marcação.

Aqui devemos levar farnel e bastante água, faz muito calor, é o lugar mais a sul de Portugal continental. Chinelos e uma t-shirt branca para resistir ao passeio de cerca de 6km pela ilha, onde podemos observar uma variedade de aves, o santuário das gaivotas e o cemitério natural de animais do mar que dão à costa e ali ficam. 

O objetivo é chegar ao Cabo de Santa Maria e a partir daí percorrer o passadiço onde podemos a observar a belíssima Ria Formosa e as lagoas que se formam. Aproveitar o resto do dia para belos mergulhos numa água tépida e límpida. 

Dia 5 Culatra e Farol

Ferry em Olhão o preço varia conforme a ilha que se escolhe. Uso obrigatório de máscara. 10 min a pé até à praia. 

Não pudemos ir a banhos, Algarve estava de levante e apesar de água estar quentinha o mar estava bravo e as correntes também. São duas ilhas habitadas e com várias soluções de restauração e alojamento, a grande questão será se um dia o mar não vai ocupar todo aquele espaço... Ficámos com curiosidade de dar um mergulho por isso vamos ter de voltar. Valeu pelo passeio na Ria de Barco. 

Dia 6 Ilha de Faro

( passadiço, ciclovia, acesso de carro e de barco a partir de faro) 

Não fomos à praia, optámos por um passeio ao final da noite, muito menos confusão e um pôr-do-sol maravilhoso. 
É uma zona com algumas pessoas e a naturalidade foi invadida por casas em cima do mar. Zona simpática para quem quer aprender a pescar. 

Dia 7 Fuseta

Ferry ou táxi no cais da fuseta, uso obrigatório de máscara. Preços variam entre 3.5€ e 5€ ida e volta.

IMG_20200716_170716.jpg

IMG_20200712_140855.jpg

IMG_20200717_173522.jpg

Praia mais movimentada no fim de semana sofreu uma alteração nos últimos anos, em 2010 o mar destruiu as habitações que existam na ilha e obrigou a uma intervenção na ria e no acesso à praia. Hoje temos um cais novo e um areal que se destaca pela proteção às dunas e uma recuperação do ambiente marinho e natural. Homem e meio ambiente têm agora uma convivência mais 'normal'. Apoio de praia e área concessionada de perder a vista...

Dia 8 Fuseta Praia Barra Nova ponta direita 

Acesso por táxi 5€ ida e volta partida da fuseta e tem de se pedir para nos levarem lá. Bolinha de Berlim e café garantidas através de barco e uma buzina que indica que o barco está a chegar. 15 minutos a pé pelo areal também se chega à praia da fuseta. 

Na nova barra as correntes são fortes não sendo estranho a situação porque o mar não entrava naturalmente por ali e a deposição de areias confirma que no futuro o canal pode voltar a fechar.

Mas forma baías em diversos pontos que permitem um dia de praia maravilhoso e longe da confusão que pode ser a praia da fuseta mar. Levar chapéu de sol, água e farnel é indispensável. Para voltar basta acenar aos táxis que circulam pelas diferentes ilhas. 

 Praia da Fábrica ( fomos no ano anterior) 

Acesso de barco junto ao cais na pequena vila de cacela.

IMG_20190912_155202.jpg

IMG_20190912_155032.jpg

IMG_20190912_154641.jpg

Esta fomos o ano passado e temos km's de areal de perder a vista. Praia com vigia e apoio, mas basta virar à direita e perdemos a vista ao mar e ao areal e encontramos com alguns naturistas.

Por fim e não menos importante a fábrica das bolinhas de Berlim do Carlinhos, abre às 21h no laranjeiro e fez as nossas delícias. 

IMG_20200730_222726.jpg

Foram 12 dias fantásticos, num Algarve mais desconhecido e incomum, temperatura e mar fantásticos, ao nível de gastos, fazendo as contas já com a casa, viagem, portagens, barcos rondou os 1200€ para duas pessoas sem restrições de gastos. 

É verdade que não foi Cabo Verde, mas foi muito bom e fomos muito bem recebidos. 

Alguma dica não hesitem!

Boas férias!

 *Todas as fotografias foram captadas por mim. 

7 comentários

Comentar post